BrazilJS - Próximos anos da jQuery por Richard D. Worth

Cobertura do evento

Confira o que rolou no evento
Brazil JS
Jean Carlo e Richard D. Worth
Jean Carlo e Richard D. Worth

Richard inicia a palestra em português com muito bom humor contando um pouco de sua trajetória pelo Brasil.

Comida, música e futebol. Richard tenta provar que tudo isto é menos popular que jQuery segundo o Google Trends. Nem os times de futebol se salvaram: Botafogo, Fluminense, Internacional e Grêmio.

Os números impressionam: 50% dos sites na internet usam jQuery. Muito graças a época em que a biblioteca surgiu, sua API e sua comunidade.

John Resig lançou a biblioteca em 2006 e a primeira reação da comunidade foi a indiferença. Durante os próximos três anos todo o suporte para que o projeto continuasse foi baseada na conta pessoal no Paypal de Resig. Em 2009 surge ojQuery Project com função de dar suporte a jQuery Core, jQuery UI, e jQuery Mobile.

Worh deixa claro que sua intenção é desenvolver ainda mais esta comunidade. Ele convida a todos para que apoiem o projeto através do e-mail membership@jquery.org.

O espaço aberto a perguntas logo levanta o assunto polêmico: jQuery 2.0 não dará suporte para IE 6/7/8. Worth explica que haverá um desenvolvimento em paralelo da versão 1.9 para estes navegadores. Sobre a situação da jQuery UI, não haverá versão específica.

A cooperação com Firefox OS, Mozilla, Apple, Microsoft e outras comunidades também uma das intenções da jQuery Foundation.

jQuery precisa existir porque a API do DOM é horrível! - Richard