RSJS 2012 - Retrospectiva

No dia três de março rolou o RSJS, um encontro promovido pela Grifo em parceria com os curadores do BrazilJS, Felipe Moura e Jaydson Gomes, para desenvolvedores compartilharem conhecimento e experiências.

O evento era uma prévia para o BrazilJS e os palestrantes trouxeram vários temas interessantes com uma abordagem prática e simplificada com exemplos de aplicações reais. Os temas vão de acessibilidade, performance, boas práticas, animações, frameworks para desenvolvimento JavaScript e até Haskell!

Para relembrar e registrar o evento, reunimos os slides e vídeos, se você não conseguiu participar ou gostaria de rever as palestras, aproveite! :)

Animações e efeitos com CSS3

Felipe Moura
Felipe Moura

Felipe fala sobre animações rotate e keyframe e efeitos de manipulação de elementos como shadow e distorção para simular 3D com CSS3.

O CSS3 nos permite criar experiências interativas e realistas, porém temos alguns fatores importantes que não podem ser deixados de lado na hora de criarmos nossas aplicações, como performance e renderização nos browsers.

Vídeo Slides

Dicas práticas para reduzir o tempo de carregamento de uma aplicação web

Jaydson Gomes
Jaydson Gomes

Falar em performance e boas práticas, sempre gera uma grande discusão entre os desenvolvedores, ao ponto de levantar a questão: “Performance importa?”

Fatores como o perfil e o tempo de desenvolvimento do projeto são determinantes no que diz respeito à performance em Front-end, pois a atenção está mais focada ao desempenho e funcionamento no Back-end, buscando ter facilidade na geração de conteúdo/html.

A partir desta premissa, Jaydson apresenta um estudo explanado sobre a importância das boas práticas para performance Front-end.

Vídeo Slides

CoffeeScript x Node.js: Como e por que usá-los em aplicações web

Ricardo Tomasi
Ricardo Tomasi

Ricardo fez uma super palestra sobre CoffeScript, contando sobre sua origem, sintaxe e utilização em aplicações mais complexas.

Ele defende fortemente o uso de frameworks para “simplificar” o desenvolvimento em JavaScript.

“A idéia é pegar as partes boas do JS e torná-las mais acessíveis.”

Vídeo Slides

Programação orientada a eventos: do simples ao objeto

Jean Carlo Emer
Jean Carlo Emer

Nesta palestra são apresentados todos os eventos que podem ser manipulados por meio de JavaScript, tratadores de eventos, modelos de gerenciamento de eventos, bubbling e programação orientada a eventos.

O paradigma de orientação à eventos é controlada por um fluxo guiado por indicações externas e é executada em 2 grandes etapas, que são a detecção dos eventos e o tratamento dos eventos identificados.

Vídeo Slides

Javascript não obstrutivo, obstrusivo ou obtrusivo?

Renatho de Carli Rosa
Renatho de Carli Rosa

Entre as diversas formas de referenciar um problema cotidiano, que é o risco de nossos scripts não serem renderizados e consequentemente comprometer o funcionamento de nossas aplicações, Renatho fala sobre o JavaScript não obstrutivo. Durante a palestra, em alguns momentos ele comparou este risco que corremos em JavaScript com paraquedismo.

“Na web a gente tem o Javascript não obstrutivo, que equivale ao procedimento de emergência [no paraquedismo], uma forma de tratar o conteúdo e contornar o problema, caso não abra o JavaScript principal”.

Além disso, ele apresentou vários exemplos práticos para personalização de campos de formulário, scroll, tabs e carregamento de conteúdo de forma dinâmica.

Vídeo Slides

Como usar o JavaScript para melhorar a acessibilidade de páginas web

Felipe Moura
Felipe Moura

Assim como performance, acessibilidade é um assunto que sempre gera uma grande discussão sobre a sua importância e, em alguns casos, o que é a acessibilidade aplicada em um projeto web e por que não há preocupação com ela.

Felipe trouxe conceitos, números e ferramentas bem interessantes sobre acessibilidade, apresentou vários tipos de interfaces, como uma maçaneta e até um fogão! Esses objetos representam a função de uma interface, que é o “meio do caminho”, entre aquilo que você quer e aquilo que você irá fazer para obter isso.

A abordagem desta palestra nos faz perceber que podemos perder usuários ou prejudicar a entrega de conteúdo, quando nosso site não é amigável ou não se adapta as necessidades básicas de um usuário para navegar. Durante a palestra, Felipe apresentou exemplos práticos de como é o comportamento de um leitor de tela perante uma interface.

Vídeo Slides

Haskell para desenvolvedores JavaScript

Juan Maiz
Juan Maiz

Juan fala sobre a história do Haskell e apresenta alguns exemplos práticos utilizando a sintaxe desta linguagem, que ao seu ponto de vista é uma linguagem que visa proporcionar a simplicidade e limpeza nos códigos JavaScript.

“Haskell é uma linguagem que, apesar de parecer dinâmica, ou algo assim, é uma linguagem estaticamente tipada” - Juan Maiz

Vídeo Slides